Turma da Sopa

Você está aqui: Na Mídia Saiba mais - Artigos Alcoolismo na Adolescencia

Alcoolismo na Adolescencia

E-mail Imprimir PDF

Consumo de álcool por adolescentes está associado ao uso do computador

Adolescentes que consomem álcool passam mais tempo a frente do computador acessando redes sociais, baixando ou ouvindo música, em comparação com jovens que não bebem, segundo uma pesquisa publicada na versão online do Journal Addictive Behaviors.

 O estudo da pesquisadora Jennifer Epstein, especialista em saúde pública da Weill Cornel Medical College analisou 264 adolescentes norte-americanos, entre 13 e 17 anos.

Os resultados mostraram que os adolescentes que relataram beber no último mês usaram o computador por mais horas por semana, excluindo o tempo gasto com trabalho escolar, do que aquelas que não beberam.

O ato de beber mostrou relação com acesso à rede sociais e baixar e ouvir músicas. No entanto, não foi encontrada relação entre o uso de bebida e videogames ou de compras online.

Para a pesquisadora, a própria publicidade de bebidas alcoólicas presentes na internet pode ter relação com o ato de beber.

- Embora os fatores específicos que ligam beber na adolescência e uso do computador ainda não estejam definidos, parece provável que os adolescentes estão experimentando álcool e atividades na internet. A exposição à publicidade de álcool em redes sociais pode reforçar o ato de beber entre os adolescentes.

Geralmente, os adolescentes experimentam álcool pela primeira vez entre os 12 e 13 anos. Mas há outros fatores que permitem que essa experimentação aconteça até mais cedo, aponta a pesquisadora. Eles vão desde a falta de supervisão dos pais, falta de comunicação familiar, disciplina muito severa ou mesmo um histórico de abuso de álcool e drogas dentro de casa.

Diante disso, Jennifer Epstein afirma que o papel dos pais pode ser decisivo para evitar comportamentos extremos dos filhos.

- Os pais devem também reforçar suas regras sobre o uso de álcool e do computador.

 

 

(matéria extraída do site da Clínica Terapêutica Viva - http://ctviva.com.br/blog)

 
 
 
 

Tradutor